Antevisão GP da Catal...Espanha



A qualificação para o GP de Espanha deixou um pouco a desejar, sempre que os pilotos não melhoram as suas segundas voltas fica sempre um amargo de boca. Ainda assim a corrida pode ter muitas histórias para contar, mesmo que estejamos a falar de um dos circuitos que nos oferece das corridas mais aborrecidas da época.


Na Q1 a nota principal será para Kimi Raikkonen (acabando mesmo por se qualificar em P14) que pela primeira vez esta época passa essa fase da qualificação para a Q2, devolvendo o Williams de Russell para os 5 últimos. O Iceman estava confiante e terá inclusivamente dito que a Q3 era possível


Resta saber o que será capaz em corrida o Alfa Romeo, os dados de sexta-feira não são promissores, o ritmo de corrida é ligeiramente superior aos Williams e inferior aos Haas. Ainda que é certo o ritmo destes últimos inflacionado pela prestação (inexplicável para já) de Grosjean. Uma luta lá atrás entre estas equipas não seria surpresa.


Na Q2 surpresa pela negativa dos Renault, P13 para Ricciardo e P15 para Ocon (separados pelo Alfa Romeo de Raikkonen). As boas notícias para a marca Francesa é que a diferença é mínima e com o alegado modo de motor dos motores Mercedes a ser bastante mais potente em qualificação do que o equivalente da Renault, mostrando para além disso um bom ritmo de corrida, não seria de estranhar que Ricciardo e Ocon conseguissem chegar lá à frente e lutar por melhor dos outros, afinal, os dados do FP2 mostram que estão logo atrás da Racing Point em ritmo de corrida.


Quem também se ficou pela Q2, em 11º foi Vettel, o piloto da Ferrari volta a não conseguir chegar à Q3, mas mais uma vez tem o benefício de ser o primeiro a sair com pneus novos. Bom eventualmente terá que ser algo a aproveitar por ele e pela equipa, o que claramente não foi o caso em Silverstone.


Nova presença na Q3 de Pierre Gasly, o piloto da Alpha Tauri continua fortíssimo aos sábados, já a sorte aos Domingos tem variado. Não estará longe da verdade dizer que Gasly neste momento é um dos melhores qualificadores na grelha, falta agora aproveitar esse resultado e transforma-lo em pontos sólidos, algo que certamente a equipa está a tentar optimizar tendo em conta o que tem ocorrido nas últimas provas.



Albon voltou a estar longe de Verstappen, desta feita foram sensivelmente 0.7s e tem entre si e o seu colega de equipa os dois Racing Point. Sergio Perez que volta depois de ter sido infecto pelo coronavírus quer o pódio, mas terá o RP20 andamento para o RedBull? Se sim, para ambos ou apenas para um?


Lá na frente os senhores habituais, Hamilton, Bottas e Verstappen por esta ordem. É certo e sabido que ao sábado os picnics são pela conta da Mercedes, nem vale a pena discutir, mas em Silverstone Verstappen deu um ar da sua graça. Em Montmelo não terá o beneficio de sair numa estratégia melhor, estão de igual para igual, mas a diferença será mais curta, o ritmo de corrida dos dois carros é mais próximo e um dos Mercedes pode estar ao alcance.


Estes são os principais pontos que esperamos ver desenrolar durante a prova, algo a estarmos atentos e esperar que seja uma daquelas corridas raras em Barcelona...até porque as gentes da Catalunha precisam de uma alegria



©2019 by Bandeira Amarela - Podcast. Proudly created with Wix.com

Imagem "sobre nós": https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pedro_Lamy_-_Imola_1996.jpg

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now